Vista Alegre

Da Vinci 500 anos

“Estava eu no meu berço quando um milhafre desceu sobre mim e me abriu a boca com a cauda. Bateu-me várias vezes com ela nos lábios. Esse parece ser o meu destino”. Perante esta confissão de Leonardo da Vinci, é impossível não ver transcendência nos seus planos de uma máquina voadora.

Nesta coleção evoco algumas das suas obras e a forma como deixou marcas na engenharia, na arquitetura, na escultura, na geometria, na anatomia e na recuperação da perspetiva clássica. Apesar de desenhar à mão, fui desenterrar réguas, esquadros e transferidores para confirmar a teoria da Razão Áurea na minha ilustração da Mona Lisa. Aqui e ali, escondo medidas retiradas de A Última Ceia, ou destaco o cavalo de bronze encomendado pela cidade de Milão, faço referências ao dodecaedro oco ou represento o Homem de Vitrúvio.

Fico sempre surpreendido com a extraordinária beleza da pintura e com as páginas repletas de esquissos rápidos e incompletos ou de desenhos rigorosos. Com Leonardo da Vinci estamos perante a ciência e a arte magistral de um homem que, cinco séculos depois, continua a surpreender e a fazer voar a nossa imaginação. Este trabalho é uma homenagem.
Pedro Sousa Pereira

 

Ordenar Por

  • Posição
  • Alfabética: A - Z
  • Alfabética: Z - A
  • Preço: Crescente
  • Preço: Decrescente
  • Criado em
FILTRO

Filtrar por

Limpar filtros
de $ a $
 

Ordenar Por

  • Posição
  • Alfabética: A - Z
  • Alfabética: Z - A
  • Preço: Crescente
  • Preço: Decrescente
  • Criado em