Vista Alegre

Jeanine Hétrau

Jeanine Hétrau

A obra de Rémy Hétreau está totalmente inundado pelo olhar do poeta sobre o mundo, repleta de humor e de carinho, combinada com a exigência de um artesão, o seu gosto pelo saber-fazer e pelo belo. A retrospetiva organizada pela cidade de Orléans na Casa de Charles Péguy reúne pela primeira vez um conjunto completo das suas várias atividades, a criação das Galerias Lafayette, dirigida por Jean Adnet, que logo se tornou responsável pela conceção e realização das vitrinas. Aí conhece Jeannine Jager, também ela decoradora, por quem se apaixona e descobre Brantes, pequena aldeia montanhosa de Vaucluse empoleirada diante do Mont Ventoux. Felicidade suprema. A separação devida à guerra é um interlúdio doloroso, expresso em cartas ilustradas quase diárias, que através da imaginação poética escapavam à realidade militar.

Ver Mais