Vista Alegre

De Natura

“Criando um Cabrita Reis na Vista Alegre, ou uma Vista Alegre pelo Cabrita Reis.”
Foi o gosto pelas “artes decorativas” que levou Pedro Cabrita Reis, um dos maiores artistas portugueses contemporâneos, a apropriar-se de uma forma do portefólio da Vista Alegre. Uma “tela” em cerâmica na qual pudesse, com um novo olhar, explorar algum sentido primordial.
“Agradam-me as coisas que perduram no tempo”, afirma. De Natura revela esse caráter perene através da simplicidade da forma, em perfeita harmonia com o desenho em folha de ouro. Um elemento nobre que, aqui, é utilizado para evocar universalidade atemporal, atravessando culturas e épocas. O equilíbrio entre as linhas essenciais e o despojamento gráfico afasta-nos de qualquer índole narrativa e coloca-nos no plano da natureza aquietadora.
De Natura está em total sintonia com a obra de um artista profundamente investido em deixar um legado. Uma pequena parte do qual vem agora enriquecer o património da Vista Alegre.

Numerada e Limitada a 500 exemplares - 19ª criação do Projeto Artistas Contemporâneos. Descubra aqui e aqui com detalhe a criação desta peça.

 

Ordenar Por

  • Posição
  • Alfabética: A - Z
  • Alfabética: Z - A
  • Preço: Crescente
  • Preço: Decrescente
  • Criado em
FILTRO

Filtrar por

Limpar filtros
de $ a $
 

Ordenar Por

  • Posição
  • Alfabética: A - Z
  • Alfabética: Z - A
  • Preço: Crescente
  • Preço: Decrescente
  • Criado em