Vista Alegre

Pessoa

André Carrilho, um dos mais celebrados ilustradores e cartoonistas da sua geração, imaginou para cada um destes cinzeiros o seu próprio Fernando Pessoa, tentando recapturar o olhar de criança. Num, as ondulações da superfície sugeriram-lhe um mar que o poeta cantou a correr nas veias da sua e nossa identidade; no outro, as arestas e superfícies planas, portas e escadarias escondidas, onde Pessoa se poderia multiplicar por pátios com vistas inesperadas de telhados e mar. 
Peças versáteis, utilitárias e decorativas, que tiram partido do grande potencial plástico e gráfico da porcelana, assinadas por um talento maior.

 

Ordenar Por

  • Posição
  • Alfabética: A - Z
  • Alfabética: Z - A
  • Preço: Crescente
  • Preço: Decrescente
  • Criado em
FILTRO

Filtrar por

Limpar filtros
de $ a $
 

Ordenar Por

  • Posição
  • Alfabética: A - Z
  • Alfabética: Z - A
  • Preço: Crescente
  • Preço: Decrescente
  • Criado em